Já ouviu falar de pirâmide? É um modelo de negócios bastante polêmico que foi descoberto em muitas empresas no Brasil. Nesse artigo, saiba como funciona o sistema de pirâmide financeira e como evitar cair nesse esquema.

Esse modelo também se intitula “Pirâmide de Ponzi” e consiste em um sistema organizado em níveis. No topo da estrutura está o idealizador de um negócio, que atrai investidores para aplicar determinada quantia em seu produto ou iniciativa.

Dessa forma, o objetivo se torna atrair outros investidores para cobrir o valor investido por quem investiu antes. Esse movimento é constante, de modo que os novos participantes ocupem o lugar dos antigos, que ‘sobem’ de nível.

Vamos a um exemplo: você lança um produto e encontra 5 pessoas disponíveis para investir em seu negócio. Cada uma investe R$10 mil reais, o que agregaria R$50 mil  reais (R$10 mil x 5 pessoas).

Então, você encoraja esses investidores a recrutarem mais 5, com promessas de um alto retorno financeiro. Assim, os novos recrutados passam a ocupar o terceiro nível, considerando que o primeiro é do idealizador e o segundo dos investidores iniciais.

Mas como pode ser ruim? Entenda como funciona o sistema de pirâmide financeira e por que é uma modalidade de negócio insustentável.

Como funciona o sistema de pirâmide financeira: o problema

No entanto, esse sistema não é nada promissor. Isso porque não é há geração de lucro, exatamente, nesse modelo.

O que acontece é que o dinheiro que entra dos novos investidores, serve apenas para pagar a quantia que já foi investida por outros.

Na verdade, ainda gera prejuízo, porque é necessário pagar uma taxa antes de pertencer ao sistema. Essa taxa é justamente o que faz a manutenção desse negócio.

Assim, o que acontece é bastante previsível: o sistema entre em colapso. Chega um momento em que não é possível fazer o pagamento dos investidores porque não tem lucro, apenas uma troca. É nesse momento que a pessoa percebe que caiu em um negócio fraudulento e encara os prejuízos que teve.

Nesse momento, você pode se perguntar “por que as pessoas caem nesses esquemas?”. Isso acontece por conta das promessas de um investimento de alta rentabilidade em pouco tempo.

É uma “oportunidade” de ganhar dinheiro de forma mais fácil, o que costuma conquistar a atenção e a disponibilidade das pessoas, principalmente daquelas que possuem mais necessidades.

Então, desconfie de promessas de ganhos exorbitantes e empresas que não possuem iniciativas de um produto real. Outro sinal importante é sobre pedidos para depósitos em contas pessoas. Empresas sérias possuem um CNPJ e atuam de outras maneiras.

Apenas entendendo como funciona o sistema de pirâmide financeira é possível se prevenir de cair nele. Fique atento e busque conhecer a fundo qualquer iniciativa que deseja investir seu dinheiro.